A MUSICA QUE NOS ENCHE O CORAÇÃO

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

VITINHO.....

Vitor Baía voltou a ser duro relativamente ao FC Porto, afirmando que a sua carreira teria assumido “outra projecção" se tivesse representado o Sporting ou o Benfica.

“Se aquilo que consegui no FC Porto fosse no Benfica ou no Sporting acredito que teria outra repercussão, outra dimensão. Vejo, e muito bem, o Benfica a homenagear os seus campeões da Europa quase 50 anos depois com uma vitalidade e de uma forma muito positiva”, disse o ex-guarda-redes portista numa visita à escola EB 2.3 Nicolau Nasoni.

Baía foi ainda mais longe. O clube dos "dragões", afirma, "não valoriza tanto como devia os antigos jogadores, aqueles que tanto lhe deram".

“O FC Porto tem uma estratégia muito fechada, muito para dentro, e isso também não ajuda. O nosso clube não faz tudo que está ao seu alcance para potenciar a imagem dos seus jogadores actuais e dos que deram muito ao clube”, criticou.

........
Não se iludem, que aí tem coisa, aquilo me parece mais conversa para boi dormir....
Ele sabe que a maioria em Portugal e não só é Benfiquistas e tenta dar graxa com estas declarações para ver se se espeta na FPF com o aval dos benfiquistas, não vão na conversa que tudo o que venha daquele clube da fruta, é fruta podre e bichada.... penso eu de que!!!!



4 comentários:

  1. Também fiz um post sobre estas declarações.
    Cheiram-me a falsas como judas
    .

    ResponderEliminar
  2. eheheheheh como fomos enganados pelo Fernando Gomes, está a ver se pega!!!

    ResponderEliminar
  3. Oi!
    É verdade! ” Este faz me rir “ é só treta!!! Abcede pela federação tenta vender a preço de solde quem lhe deu o leitinho e toda a fruta, isto é tudo uma montagem o “ cordeirinho “ veste pele de lobo.
    Mandem o” VITINHO ” dar banho o cão e a seu dono.
    BENFICA SEMPRE

    ResponderEliminar
  4. Conheço bem o Vítor, ou não fosse eu também do Porto, por isso, deixo aqui a minha opinão:
    As palavras de Vítor Baía, criticando o clube do seu coração por fechar-se ao exterior e não o ter homenageado - como os mais de 400 jogos pelo FC Porto e o seu palmarés invejável assim o exigiam - revelam que, mais do que um portista, está ali um desportista. O prefixo faz toda a diferença: por mais lavagens cerebrais que se façam em determinados clubes, por mais que se atice os sócios e adeptos, por mais que se renegue o passado e a deontologia profissional por um miserável prato de lentilhas, a opinião livre e certeira é mais poderosa do que discursos encomendados e outros tantos ao melhor estilo talibã.

    http://dylans.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar

Se vens aqui com a intenção de me ofender dá meia volta ao cavalo e vaza

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...