A MUSICA QUE NOS ENCHE O CORAÇÃO

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

JACINTO PAIXÃO NA BENFICA TV

Jacinto Paixão: Porto paga jantar
O ex-árbitro afirmou ontem, em entrevista à Benfica TV, que no final do polémico FC Porto-Estrela da Amadora de 2004 foi jantar à Marisqueira de Matosinhos e “a conta foi paga por Reinaldo Teles ou Pinto da Costa”.

Mas isso já não é novidade nenhuma, já todos sabemos o quilate desses corruptos, agora a novidade para mim foi a frase " não acredita que existam árbitros que cometam erros de propósito, ou seja não existem árbitros no Futebol português que não sejam sérios no seu trabalho"
Desculpa lá ó Jacinto mas se isso era para me fazer rir, pois conseguiste!!!!
àrbitragens isentas ahahahahahah
àrbitros honestos ahahahahh
árbitros que erram sem querer ahahahah
Jorge Sousa o melhor árbitro português ahahahahah
Jacinto choraste ao ouvir as escutas ahahahhaha

Não vejo qual a finalidade da Benfica Tv ter convidado Jacinto Paixão, não entendo, mas eles lá devem saber, o pouco que vi deu para entender que a entrevista não veio acrescentar nada ao que todo o mundo já sabe, Pinto da Costa e compª Lda são corruptos!!!!
Jacinto Paixão pode até ter sido apanhado na teia sem querer, mas admitiu e não me convenço que foi só e apenas o jantar pago pelos corruptos, com direito a fruta no final....

Fui sempre um alvo a abater e é simples: porque sou alentejano.(humm será?)
Estive detido uma noite, numa cela, e não sei por quê. Matei alguém? Não. Sempre me ensinaram, desde pequeno, a ser uma pessoa honesta. Falam-me em corrupção, mas nunca alinhei nisto. Estou um bocado mais aliviado, mas não é fácil digerir tudo isto. Não tenho medo de ninguém, nunca tive. Não sou nenhum coitadinho e quem cala, consente", afirmou o antigo juiz, que foi um dos convidados do programa "A Máxima dos Máximos", da Benfica TV.
Jacinto Paixão repetiu ainda que o grande problema da arbitragem portuguesa são os observadores dos árbitros. "O calcanhar de Aquiles da arbitragem são os observadores. Não todos. São eles que decidam a subida e a descida de escalão dos árbitros. Todos os observadores deviam ser ex-árbitros", defendeu.
Sem querer falar sobre detalhes processuais, Jacinto Paixão negou ter recebido prendas dos clubes ("Ofereceram-me apenas camisolas"). "Se tivesse recebido algumas coisas, um Dragão de Ouro, não estaria na situação que estou", revelou, admitindo ter ouvido histórias de colegas árbitros que não terão tido o mesmo comportamento. "Ouvi falar em viagens e em outras coisas. Se é verdade ou não, não sei".


O antigo juiz eborense também recordou detalhes do famoso jantar num restaurante de Matosinhos, no final de um FC Porto-E. Amadora. "Segui o Reinaldo Teles até a marisqueira e fiquei surpreso quando ele sentou-se na mesa. Fiquei constrangido, mas fiquei mais tranquilo ao ver que lá estavam o António Garrido e outro árbitro. Depois apareceram o Pinto da Costa e a sua companheira [Carolina Salgado], que ficaram numa mesa ao lado. No final quis pagar a contar, mas disseram-me que já estava paga. Talvez tenha sido o Reinaldo Teles ou o Pinto da Costa. Não sei".


Sobre a importância e o papel de António Garrido na relação do FC Porto com os árbitros, Jacinto Paixão disse não ter dados concretos. "Não sei qual é o peso dele. Comigo ele nunca falou nada, mas sei que acompanhava os jogos do FC Porto. Não sei qual é o clube dele e não estou preocupado com isto. Uma coisa eu sei: ele é sogro do Olegário Benquerença".
(record)



3 comentários:

  1. o homem foi entalado ! pelos grunhos das antas!essa sim a verdade !

    Sera que António Garrido sogro do Olegário Benquerença não estara por detras disto tudo...
    nimguem quer investigar isto !

    mais um pobre homem que nem falar sabe a ser destroçado pelos corruptos..

    ResponderEliminar
  2. Sinceramente penso que é uma entrevista que merecia algo mais. Talvez uma investigação mais profunda. Mas quem se arrisca a investigar os mafiosos? Para quê se à partida já se sabe qual o veredicto final?

    Mas uma coisa é certa: Garrido estar afecto ao Porto e ser sogro de Olegário Benquerença, quer queiram quer não, “apresenta” sempre algo de menos correcto e/ou verdadeiro na essência da transparência desportiva

    Mais um grande texto, que foca dados preocupantes.

    Estás em grande e invejável forma

    Fica bem

    ResponderEliminar
  3. Espero que lhe tenham dado umas 'pinguinhas a beber' que tem estado muito calor.. LADRAO.

    ResponderEliminar

Se vens aqui com a intenção de me ofender dá meia volta ao cavalo e vaza

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...