A MUSICA QUE NOS ENCHE O CORAÇÃO

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

POEMA ALENTEJANO :))))

Como eu me recuso a escrever sobre contatações de jogadores feitos pela jornalada, e como o mês de Agosto me parece que anda a meio gás e nunca mais termina, tb me recuso a falar do que está menos bem no Benfica, porque deixo isso a quem de direito o possa fazer em local apropriado, e como o Benfica está quase a ganhar a 2ª jornada, mas enquanto não joga fica dificil escrever aqui sobre o acontecimento, ora bem assim sendo que tal um poema para ver se o tempo passa mais depressa eheheh......
Claro que depois virão as virgens ofendidas porque eu escrevi aqui merda sem as estrelinhas, mas que culpa tenho eu se é assim que a palavra se escreve??? :)))))
............-------..........

Exposição dos lavradores do Baixo Alentejo a sua excelencia o ministro da agricultura

Porque julgamos digna de registo
A nossa exposição, Senhor Ministro,
Erguemos até vós, humildemente,
Uma toada uníssona e plangente
Onde evitamos o menor deslize
E onde damos razão da nossa crise.

Senhor... Em vão esta província inteira
Desmoita, lavra e atalha a sementeira,
Suando até a fralda da camisa.
Falta a matéria orgânica precisa
Da terra, que é delgada e sempre fraca;
A matéria em questão chama-se CACA.

Se os membros desse ilustre ministério
Querem levar o nosso caso a sério
E é nobre o sentimento que os anima,
Mandem-nos cagar toda a gente em cima
Dos maninhos torrões de cada herdade,
E mijem-nos também, por caridade!

0 Senhor Doutor Oliveira Salazar
Quando tiver vontade de cagar
Venha até nós, solícito e calado,
Busque um terreno que estiver lavrado,
E como Presidente do Conselho
Queira espremer-se até ficar vermelho.

A Nação confiou-lhe os seus destinos;
Então comprima e aperte os intestinos,
E se escapar um traque não se importe;
Quem sabe se cheirá-lo dará sorte?
Quantos não porão suas esperanças
Num traque do Ministro das Finanças!
E quem vive tão aflito e sem recursos
Já não distingue os traques dos discursos;
Não precisa falar. Tenha a certeza
De que a maior fonte de riqueza
Desde os montados negros às courelas
Provém da merda que despejamos nelas.

Ah! Merda grossa! Merda fina! Merda boa
Das inúteis retretes de Lisboa!
Como é triste saber que todos vós
Andais cagando sem pensar em nós!
Se querem fomentar a agricultura
Mandem-nos muita gente com soltura
E nós daremos trigo em alta escala.
Também nos faz jeitinho a merda rala.
Terras alentejanas, terras nuas,
Desespero de arados e charruas,
Quem as tem, quem as compra, quem as herda,
Sente a paixão nostálgica da merda!...

E que todos os penicos portugueses
Durante pelo menos uns seis meses
Sob o montado ou sobre a terra campa
Continuamente nos despejem trampa,
Adubos de potássio, cal e azote.
Mandem-nos merda pura de bispote;
Não fazemos questão de qualidade;
Formas normais ou formas esquisitas,
Desde o cagalhão às caganitas,
Ou da negra poia à grande bosta,
Tudo quanto for merda a gente gosta

(retirado daqui )

2 comentários:

  1. Ah! Grande, Grande Maguie, minha querida Amiga!
    A Margarida é, de facto - e eu já tinha a honra (que ela me concedeu) de o saber há muito - o maior expoente do Benfiquismo!
    Uma Fada Encantadora, Sublime!
    Este nosso Benfica tem de ser mesmo Muito, Muito Grande com tal Rainha do Benfiquismo!

    Querida Amiga não sabe a enorme graça que me concedeu quando quis ser minha Amiga.
    É a Luz cintilante desse Benfiquismo que nos inculca nos corações.
    É a Luz resplandecente que nos entranha na nossa Alma como Mulher Vencedora e que, não tendo cedido às maias altas invernias da vida, não cede no seu Benfiquismo Glorioso que nos encanta!

    O meu obrigado profundo!
    E um Grande Beijinho de Amizade.

    ResponderEliminar
  2. querido amigo Gil Vicente assim estraga-me com mimos, muito muito obrigado pelo seu carinho acredite que é um grande prazer e uma honra para mim ser sua amiga, jamais esquecerei do seu apoio que foi para mim fundamental na minha luta, luta essa que eu espero ter vencido para sempre, e sabe que o Benfica tambem me tem ajudado nesta caminhada, o Benfica é o ar que eu respiro, o Benfica faz parte da minha vida, é a minha paixão, e é com sentimentos assim que se ultrapassam barreiras..
    Um beijinho muito grande de sincera amizade

    ResponderEliminar

Se vens aqui com a intenção de me ofender dá meia volta ao cavalo e vaza

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...